“O que eu aprendi sendo Sugra Baby por 3 meses” – Veja o depoimento da Baby Fabi e sua experiência no Universo Sugar

De antemão podemos dizer que o depoimento “O que eu aprendi sendo Sugar Baby por 3 meses” está incrível! Gostaríamos de agradecer a baby que topou participar e aproveitamos para lhe desejar uma ótima leitura 🙂 Aproveite!

O que eu aprendi sendo sugar baby por 3 meses

Olá, eu sou a Fabi! Moro em São Paulo, tenho 19 anos e estou no meu primeiro ano da faculdade de psicologia. Fiquei muito feliz com o convite de contar um pouco sobre o que eu já aprendi sendo sugar baby.

Com esse relato, espero poder ajudar e incentivar outras meninas que podem ter muito sucesso sendo Sugar Babies, por exemplo.

Em primeiro lugar, acho importante falar como eu comecei a ser uma Sugar Baby, eu já havia escutado o termo, mas sabia muito por cima do que se tratava, então decidi pesquisar.

Como conheci o Universo Sugar

Há 5 meses, navegando no Instagram, conheci o Universo Sugar através de um post que me chamou muita atenção pela imagem bonita e frase chamativa. Cliquei no link na bio e fui direcionada ao site, onde li mais sobre esse assunto, pois tem tudo muito explicadinho, e imediatamente me cadastrei no site, para ver como era.

Vi que tinha a opção do fast pass e entrei de forma imediata, porque minha ansiedade não me deixou esperar na fila de espera até ser aprovada, rs.

Iniciando as conversas

Fiquei mais algumas semanas estudando sobre o que era uma sugar baby e como eu deveria me “comportar” na plataforma, para então começar a falar com os Daddies, de fato.

Mesmo um pouco insegura iniciei as primeiras conversas, fui conhecendo os Daddies, trocando ideias e sabendo mais como funcionava o relacionamento.

Quando conheci meu Sugar Daddy…

“Eu demorei 2 meses para encontrar o meu Daddy. Conversamos por aproximadamente um mês até nos encontrarmos. Hoje, estamos juntos há 3 meses.

E afinal, o que eu aprendi nestes 3 meses é que o relacionamento sugar é muito melhor do que imaginamos e não existe motivo para o preconceito com Sugar Babies.

Sobre minha relação com o Sugar Daddy

Eu e meu Daddy, temos uma relação super aberta, têm sido muito leve e eu tenho aprendido muito com ele! Ele me apoia de todas as formas, além dos presentes, é claro!

Entretanto, não se preocupem com isso meninas, o assunto dinheiro, mimos, mesada aparecerá hora ou outra, não pressionem, esperem o momento certo para falarem sobre isso.

Minha primeira mesada e ajuda com a faculdade

Vou contar como foi comigo: nosso primeiro encontro foi um encontro normal, ele me levou para jantar em um restaurante incrível! Depois dos primeiros encontros ele começou a me enviar presentes, e quando decidimos que teríamos um relacionamento, de fato, ele me disse que gostaria de retribuir um pouco do bem que eu fazia pra ele, com meu carinho, atenção e dedicação. Então me perguntou se podia começar pagando minha faculdade e me dando uma mesada. Não hesitei em aceitar e amei a ideia, né? Óbvio!

Mas para cada pessoa isso acontecerá de uma forma, o segredo é ter paciência e saber o momento certo para cada coisa.

O que eu aprendi sendo Sugar Baby por 3 meses

Enfim, nunca passei necessidade, sempre tive o apoio dos meus pais, mas tenho vivido de forma muito mais confortável, sem precisar da ajuda deles. Aprendi que tudo tem seu momento, basta correr atrás dos objetivos que a sorte vem! Tenho conquistando minhas coisas, além de ter alguém generoso, sempre comigo pra tudo, isso é muito gratificante.

Espero que tenham gostado do meu relato “O que eu aprendi sendo Sugar Baby por 3 meses”. Ainda quero voltar aqui para contar sobre minhas conquistas futuras e quem sabe até uma linda história de amor!”

Encontre um Sugar Daddy ou uma Sugar Baby no site de relacionamento sugar que mais cresce no Brasil!

cadastre-se