• Leia em5minutos

Listamos respostas para dúvidas comuns no primeiro encontro com aquela pessoa especial. Saiba como impressionar seu par

Seja em um relacionamento sugar ou em qualquer outro formato mais tradicional de relação afetiva, a lista de dúvidas para o primeiro encontro é grande e cheia de incertezas. A mais comum e óbvia, por incrível que pareça, não tem resposta pronta ou que valha para todos os casos: afinal, quem paga a conta no primeiro encontro?

Como o primeiro encontro acontece, na maioria dos casos, em bares ou restaurantes, há uma conta a ser paga pelo consumo, o que ainda causa desconforto e dúvidas sobre como agir, principalmente por parte do homem, que pode ficar inseguro e na dúvida entre um gesto carinhoso, cavalheiro e gentil, ou simplesmente um ato machista e que deprecia a mulher.

Pensando nisso, listamos neste post algumas dicas sobre como agir neste momento e outras ações que podem fazer toda a diferença no primeiro encontro. Afinal de contas, pode ser o início de uma relação duradoura e incrível, e, por isso, deixar uma boa impressão neste momento faz toda a diferença.

Afinal, quem paga a conta no primeiro encontro? Veja dicas para fazer bonito

quem paga a conta no primeiro encontro

Comunicação clara e aberta

Não há como negar que este é o ponto de partida ou um primeiro passo. Em um encontro, a comunicação clara e aberta é a chave para desfazer qualquer incerteza e possíveis tabus. Ao discutir, por exemplo, expectativas financeiras desde as primeiras conversas, casais em potencial podem evitar desconfortos em relação ao pagamento da conta, não apenas no primeiro encontro, mas em todo e qualquer passatempo do casal.

Entretanto, se ainda assim você chegar ao primeiro encontro sem que a conversa anterior tenha passado por este ponto, não há motivo para pânico. Assim que a conta chegar, seja cavalheiro e se ofereça para pagar, diga que gostaria de realizar este gesto para mostrar o quanto gostou do encontro e o quanto está feliz com isso. Pergunte se ela não vê problemas, se não se sente ofendida e, se sentir abertura, quebre o gelo aproveite para já engatilhar o próximo encontro com a antiga, mas não batida, frase “você paga a próxima”.

Além disso, tenha em mente que flexibilidade é fundamental, pois cada encontro é único, sem regras fixas. Não é preciso ter definido quem paga qual tipo de conta, ou que uma pessoa será responsável pelo pagamento de todas elas. Cada casal é livre para definir este ponto de uma forma que ambos fiquem sempre confortáveis, mas com a ciência de que não há uma regra a ser seguida.

Agora que o tão temido momento da conta já não é mais um problema, confira outras dicas do Universo Sugar que podem ser valiosas para o seu primeiro encontro.

Escolha do local

Opte por um local que permita fácil interação, como cafés aconchegantes ou ambientes descontraídos. Evite locais muito barulhentos para facilitar a conversa. Como segurança também é fundamental, prefira lugares com certo movimento neste primeiro momento.

Roupa adequada

Escolha um traje que se alinhe ao local do encontro e que faça você se sentir confiante e à vontade. A apresentação pessoal é uma parte importante da primeira impressão, e tratar isso como algo trivial pode denotar ao par que você não se importa com o encontro.

Pontualidade

Nem a noiva costuma se atrasar tanto para o casamento como em tempos passados. Chegue no horário combinado para demonstrar respeito pelo tempo do outro. Isso cria uma atmosfera positiva desde o início e evita qualquer impressão ruim. É claro que imprevistos acontecem, mas não custa nada avisar se for atrasar.

Quebra-gelo

Tenha algumas perguntas leves preparadas para iniciar a conversa e quebrar o gelo. Isso ajuda a aliviar a tensão natural do início do encontro.

Escute atentamente

Mostre interesse genuíno, ouvindo atentamente o que seu par tem a dizer. Faça perguntas relevantes para demonstrar interesse em conhecer a pessoa.

Evite assuntos delicados

No primeiro encontro, evite discussões sobre temas polêmicos ou assuntos pessoais muito íntimos. Mantenha a conversa leve e descontraída até que você tenha certeza do que pode ou não abordar sem causar qualquer tipo de desconforto.

Expressão corporal

A linguagem corporal é crucial. Mantenha contato visual, sorria e evite posturas fechadas.

Demonstre autenticidade

Seja você mesmo. A autenticidade cria conexões mais genuínas, e tentar ser alguém que não é pode causar desconforto, sem contar que toda e qualquer máscara vai cair em algum momento.

Respeite os limites

Esteja atento aos sinais de conforto e desconforto do seu par. Respeitar os limites é essencial para construir uma base saudável na relação. Isso vale desde os temas conversados até o tão esperado momento do primeiro toque, do primeiro beijo e coisas assim.

Despedida gentil

Independentemente de como o encontro transcorreu, despeça-se de maneira cortês e delicada. Deixe espaço para a possibilidade de futuros encontros, se ambos estiverem interessados. Não force qualquer ação, deixe que a pessoa te dê sinais do que ela pretende neste momento. Caso fique em dúvida, lembre-se da nossa primeira dica: comunicação clara e aberta.

Lembre-se que a chave é criar um ambiente descontraído e autêntico, onde ambos possam se sentir à vontade. Evite pressões, seja autêntico e demonstre apreciação, independentemente de quem pague a conta. Agradecer pelo tempo juntos e mostrar interesse genuíno cria um ambiente positivo.

Por fim, jamais tenha fora de seu radar que um relacionamento exige respeito mútuo e comunicação transparente, pois somente assim será possível construir uma conexão saudável e duradoura.